Funcionário endividado: saiba como agir para evitar que problemas financeiros atrapalhem o desempenho da sua equipe
Publicado em 05/11/2019
Categoria: Sua Empresa |
Tags: , , , ,
Funcionário cabisbaixo por causa de seu endividamento

Em agosto, uma matéria publicada pelo Valor Econômico apresentou dados do Banco Central que mostram que a taxa de endividamento das famílias é a maior em três anos. Em tempos de crise e altos níveis de desemprego, as dívidas são o maior pesadelo do brasileiro. Essa preocupação estende-se as empresas, afinal um funcionário endividado, provavelmente, não terá o desempenho esperado.

Produtividade
Um levantamento realizado pela
The Employer´s Guide to Financial Wellness apontou que o endividamento causa uma queda de 15% na produtividade das empresas. Como você pode perceber, o aumento do acúmulo de dívidas da população tem relação direta com a produtividade no ambiente de trabalho. Sendo assim, o problema passa a ser também das empresas.

Organizações modernas sabem o quão importante é estabelecer uma relação de segurança e bem-estar com seus funcionários e isso passa por estar ao lado da equipe em momentos de dificuldade, se mostrando compreensiva e parceira.

Então, nesse cenário, como uma empresa pode ajudar um funcionário endividado? Separamos algumas dicas para te auxiliar nessa questão. Confira:

Conceito de crédito consciente
Empréstimos e adiantamentos não resolverão a situação se o colaborador não souber administrá-los. Primeiramente, é necessário aprender a gastar e utilizar as linhas de crédito de forma cuidadosa e responsável. Por isso, vale a pena prevenir esse tipo de situação, investindo em cursos e palestras que instruam sua equipe com relação ao crédito consciente.

Crédito consignado e consultoria para o mundo corporativo
Com o crescente endividamento da população e os impactos disso na vida profissional, surgiu um novo nicho de mercado: empresas que oferecem consultoria e crédito consignado com taxas especiais para outras empresas. Ou seja, uma parceria para ajudar seus funcionários a reorganizar o orçamento sem precisar recorrer a empréstimos bancários ou cartões de crédito e suas taxas exorbitantes.

Parceria com bancos
Você pode apostar em uma parceria com um banco de sua escolha para que seus funcionários possam usufruir de taxas e juros reduzidos, caso precisem de um empréstimo em algum momento.

Leia também:
> FGV oferece cursos gratuitos para gestão de finanças pessoais

>Conheça o Valor Investe, novo site do Valor Econômico que ensina a fazer seu dinheiro render

 

E no caso de funcionários reincidentes?
Existem ainda aqueles funcionários que, por mais que a empresa auxilie no pagamento de débitos, sempre retornam a procura de novos empréstimos. Nesses casos, é aconselhável oferecer um apoio psicológico profissional, para que funcionários reincidentes possam descobrir possíveis motivações emocionais que causam os gastos desenfreados e consigam se restabelecer financeira e emocionalmente.

Adiantamento salarial
Para um funcionário endividado, muitas vezes, o dia de pagamento parece muito distante diante da urgência de quitar seus débitos, o que o leva a recorrer a outros meios. Uma solução simples e que não envolve gastos adicionais à empresa é oferecer a possibilidade de adiantamento salarial para os colaboradores.

O cartão Multicheque, de Multibenefícios, disponibiliza essa opção para as empresas que, além de não ter gastos adicionais, também não interfere no fluxo de caixa em nenhum momento. Isso porque o adiantamento salarial fica por conta da própria Multibenefícios e depois é descontado diretamente da folha de pagamento.

Com o Multicheque, os profissionais têm a oportunidade de colocar o orçamento em dia e economizar, afinal os beneficiários do cartão têm 5% de desconto nas lojas físicas e virtuais do Grupo Pão de Açúcar, incluindo drogarias e postos de combustíveis.

Seu funcionário é seu principal parceiro
Um profissional preocupado com dívidas tende a ser mais distraído, a faltar com suas obrigações e, em casos extremos, até pedir para ser demitido para quitar seus débitos com o fundo de garantia.

O sucesso dos seus negócios depende, entre outros fatores, da motivação dos seus funcionários.  Incentivar sua equipe a dar sempre seu melhor é um trabalho complexo e cheio de desdobramentos, mas só depende de você. Que tal começar a investir no bem mais precioso que sua empresa tem: as pessoas?

Compartilhe