Tema de Fundo do Blog Repense | Multibenefícios GPA

Blog Repense | Multibenefícios GPA

Saiba como armazenar e conservar os alimentos por mais tempo

Publicado em 25/08/2020
Saiba como armazenar e conservar os alimentos por mais tempo

Saber como armazenar os alimentos corretamente é essencial para manter sua qualidade e nutrientes por muito mais tempo e diminuir os riscos de contaminação, evitando assim o desperdício. Aprender a conservar os alimentos é ainda uma boa forma de economizar no orçamento doméstico.

O armazenamento deve ser feito de acordo com o tipo de comida, seu estado de conservação e em quanto tempo será consumido. Pensando nisso, separamos alguns pontos importantes que você precisa saber sobre os cuidados específicos que se deve ter com cada tipo de alimento e a maneira correta de guardá-los.

Carnes

Ao comprar carnes, seja vermelha ou branca, o ideal é guardá-las no congelador em pequenas porções assim que chegar do supermercado. Dessa forma, você garante a qualidade do alimento. Além disso, se a carne foi comprada congelada, o ideal é que ela seja guardada no congelador o quanto antes, para que ela não descongele. Lembre-se sempre que elas podem ficar guardadas cruas e sem tempero na geladeira por até 48 horas, mas o ideal é que carne seja descongelada somente antes do preparo.

Legumes e Verduras

Muitas pessoas não sabem, mas não são todos os legumes que precisam ser guardados na geladeira: a batata, por exemplo, não deve ser refrigerada, pois o amido se transforma em açúcar e faz com que o sabor, cor e textura sejam alterados. Assim como a batata, legumes como cenoura, brócolis e pepino também podem ser armazenados em temperatura ambiente.

Utilizar o processo de branqueamento é outra forma de armazenar os legumes. Essa técnica consiste em colocar os legumes por poucos minutos em água fervente, já descascados e/ ou cortados e, depois, resfriá-los rapidamente em um recipiente com água e gelo. Após este processo, os legumes podem ser armazenados em embalagens secas e limpas e guardados no freezer (por 6 a 8 meses) ou na geladeira (por 7 a 10 dias). Esse processo garante a qualidade desses alimentos por mais tempo e ainda permite que eles sejam congelados.

Já as verduras folhosas, como alface, rúcula e couve, devem ser armazenadas sob refrigeração de 10°C, por até três dias. Antes de guardá-las, realize a higienização e armazene em um recipiente limpo e com tampa. É importante que elas estejam bem secas antes do armazenamento, assim, elas demorarão mais tempo antes de estragarem ou ficarem amareladas.

Leia também:

> Qualidade do hortifruti é fator decisivo na escolha do supermercado, revela pesquisa

Brasileiros optam cada vez mais pelos alimentos orgânicos

Frutas

As frutas, em geral, devem ser armazenadas em temperatura ambiente, mas algumas mais delicadas, como mamão, caqui e uva, podem ser guardadas na geladeira. Caso a fruta já esteja cortada, o ideal é guardá-la em um recipiente de vidro e consumir em até 1 dia.

Se preferir, você também pode transformar frutas como laranja, goiaba, maracujá em polpas e congelá-las, para o preparo de sucos naturais.

Enlatados

Os produtos enlatados podem ser guardados no armário enquanto estiverem fechados e, depois que forem abertos para o consumo, a dica é transferir o produto para outro recipiente e armazenar na geladeira.

Alimentos secos e grãos

Esses alimentos podem ser armazenados em temperatura ambiente, em potes de vidro, por exemplo. O importante é que eles fiquem protegidos do contato com a umidade de ambiente e com o oxigênio.

É importante prestar atenção também nos itens no momento da compra. Lembre-se sempre de olhar o prazo de validade dos produtos e, ao comprar frutas, verduras e legumes, escolha bem antes de colocá-los no seu carrinho.

Compartilhe

Artigos Relacionados

Sua Empresa

LGPD: O que o RH precisa saber sobre a lei

Apesar de a LGPD (sigla para Lei Geral de Proteção de Dados) já estar em vigor desde 2018, a adesão [...]

Publicado em: 27/06/2022

Sua Empresa

ESG e diversidade: qual a relação e como o RH pode ajudar?

ESG é a sigla do momento entre as corporações. Mas, de onde ela veio? E o que isso tem a [...]

Publicado em: 13/06/2022

Sua Empresa

Gestão de conflitos: como tornar o ambiente de trabalho melhor

Qualquer convívio social está sujeito a conflitos. No ambiente de trabalho, não poderia ser diferente. Com a retomada do trabalho [...]

Publicado em: 20/05/2022