Saiba por onde e como começar a digitalização do seu RH
Publicado em 22/08/2019
Categoria: Sua Empresa |
Tags: , , , , ,
Casal conversa em mesa de trabalho

Antes de qualquer coisa, vale alertar que a digitalização do RH é uma receita de bolo. Como as empresas têm desafios e objetivos distintos entre si, as soluções capazes de atender cada uma delas também tendem a ser diferentes.

É consenso entre os especialistas, entretanto, que o RH está cada vez menos dependente do departamento de TI para implementar soluções. Isso acontece sobretudo porque servidores em nuvem (ou cloud servers) levam tudo aquilo que era físico, armazenado em um espaço na própria empresa, para bancos de dados digitais externos – empresas como Amazon e Microsoft garantem a integridade das informações.

Com isso, o departamento de Recursos Humanos pode negociar implementações diretamente com os fornecedores, geralmente startups especializadas em soluções para a área.

Cloud e SaaS (Software as a Service) acabaram com a dependência de softwares. Ambos têm melhorias e atualizações que acontecem naturalmente. Trata-se de serviços que podem ser contratados e usados na hora”, explica Frederico Lacerda, da Pin People – startup de tecnologia para recursos humanos.

Leia também:

> Treinamento de funcionários: gasto ou investimento?

> Como auxiliar os seus colaboradores a equilibrar melhor trabalho e vida pessoal

Segundo Frederico, é tudo muito rápido e prático. “Pode-se criar e usar uma conta sozinho. Pode-se desligar a hora que quiser. Às vezes, não precisa interagir com o fornecedor nem para contratar. É possível atualizar o plano para ter mais pessoas, já que a cobrança é feita por usuários. Acabaram as licenças e os longos períodos para implementar softwares caros na empresa.”

Unindo a equipe por meio da tecnologia

Para o gerente de RH na América Latina, George Paiva, da Orange Business Services, empresa que oferece soluções digitais para promover a colaboração entre equipes (espaços de trabalho colaborativos e móveis), melhorar o atendimento aos clientes (relacionamento e inovação empresarial) e apoiar seus projetos (melhorias na conectividade, TI flexível e cyberdefense), a maneira mais eficiente de começar uma transformação digital é escolher tecnologias mais acessíveis.

“Um bom começo seria a adoção de ferramentas integradas de colaboração que permitam a comunicação entre colaboradores por diferentes canais, como áudio, web e videoconferência, além de mensagem instantânea e redes sociais internas. Todos esses pontos juntos ajudam a empresa a atingir a estratégia planejada, aumentar a produtividade e se tornar digital”, explica Paiva.  

Para ilustrar, ele conta como utiliza a tecnologia para dar suporte às diversas atividades de seu dia a dia. “O RH da Orange Business Services fica localizado na região serrana do Rio de Janeiro, em Petrópolis. Nos demais locais, a empresa não tem um RH fisicamente presente. De Petrópolis, conseguimos dar suporte a todos os colaboradores utilizando a transformação digital.”

Essa é uma forma de estar mais perto dos funcionários. “Seja por meio de áudio e vídeo, ferramentas de colaboração ou até por aplicativos no celular, o RH fica próximo do colaborador, participando também de reuniões da liderança ou de treinamentos na área comportamental e técnica. É uma forma de potencializar os recursos e levar a estratégia da empresa aos funcionários”, completa.

Compartilhe